A Cúmplice

Eu quero uma mulher que seja diferente,
de todas que eu já tive, todas tão iguais...
Que seja minha amiga, amante e confidente,
a cúmplice de tudo que eu fizer a mais...

No corpo tenha o Sol; no coração a Lua...
A pele cor de sonhos, as formas de maçãs,
a fina transparência, uma elegância nua,
um mágico fascínio, o cheiro das manhãs...

Eu quero uma mulher de coloridos modos,
que morda os lábios sempre que for me abraçar.
No seu falar provoque o silenciar de todos,
e o seu silêncio obrigue a me fazer sonhar...

Que saiba receber e saiba ser bem vinda,
e possa dar jeitinho em tudo que fizer...
Que ao sorrir provoque uma covinha linda!
De dia uma menina... à noite uma mulher...

Juca Chaves

Voltar