Mais uma vez

Quando eu te amei pela primeira vez
tudo era poesia...
A juventude andava em nossos corpos,
em nossa fantasia...

E eu te amei como um menino pode amar
e me perdi em sonhos...
Quando você foi embora eu chorei,
como um menino sabe chorar...

Quando eu te amei pela segunda vez
já era um homem feito...
E nos meus braços você foi mulher,
com todos os defeitos...

E eu te amei como um adulto sabe amar,
com toda a realidade...
Quando você foi embora eu chorei,
como um homem não deve chorar...

Quando a solidão, revivendo as lembranças,
me fez sentir um resto de esperança,
você passou pela rua...
E o passado voltou a lembrar seus abraços...

E mais uma vez eu te amei...
E lembrei de você, linda e nua, em meus braços!
Quase que chamei você mas olhei prá mim mesmo
e parei os meus passos...

De tanta saudade percebi 
que um homem também sabe chorar...

Gravação de Roberto Carlos

 

 

Voltar