A VACA

Meia noite! O Sgto. Marcaccini ainda não havia adormecido, quando ouve passos no quintal de sua residência. Apanha o revólver, abre cautelosamente a porta da cozinha e sai.

Nada vê. Retorna ao interior da casa e depara com... uma vaca! Calmamente ela se dirige para a sala de jantar. Olha a televisão, a cristaleira, a eletrola, esbarra em todas, quebra alguma coisa e permanece parada. Gostou da quentura ambiente. Não quer sair de maneira alguma.

Providências são pedidas à polícia. Chega o Cabo Francisco acompanhado do praça Milton. Depois de muito esforço conseguem retirar o ruminante e prendem-no... no curral do conselho.

Moral: Cansado de prender "vaqueados" o Cabo prendeu a vaca.

Mário Geraldo Piquet
"O PITORESCO DA SEMANA"
Transcrito do jornal "A CIDADE", nº 120 de 15/01/1961
 Fonte: Piquete de meus Amores - Palmyro Masiero

Página formatada em 14 ago 2004

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá

 

voltar