Desatino

Insaciável,
corro teu corpo de rio,
de ponta a ponta
a navegar...

Atravesso
o sinal de teu delírio,
e antes que enlouqueça,
atiro-me de cabeça
na corrente impetuosa
de teu mar.


Myrthes Mazza Masiero
Página formatada em 13 set 2004

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá

 

voltar