Sonho Dourado

Florada perfeita: ipê amarelo,
as ruas enfeita, frondoso e tão belo,
presente pra mim...
Aos cuidados do mundo,
intempéries sem fim.

És o rei das calçadas,
dos jardins, das estradas.
Ipê amarelo: elegante, sincero.
Onde te vejo, sempre te venero.

A natureza protege a beleza,
Sua cor como o Sol: esplendor!
As flores nos galhos, repletas de orvalho
enfeitam a manhã, como uma artesã!

A observar suas flores, tão ricas nas cores
Uma verdadeira aquarela
 Enquadro a janela: belíssima tela!!!

Inverno, despedida singela.
No chão como sentinela.
Um palco de emoção...
Prenúncio da nova estação.

Pousada das avezinhas,
Que nos galhos se aninham.
Testemunha, um beija-flor,
suga a seiva com ardor.
Bem-te-vi só a cantar.
O amor está no ar...

Estáticos nós dois...
Os corações vibrantes.
como encontro de amantes,
sem queixume, suave perfume...

Todos os dias, sua luz irradia
um sonho dourado...
Altivo e tão belo,
Maravilhoso ipê amarelo!!!

Inverno de 2009
Lea Caetano Florentino

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá

 

 

Voltar