Sem resposta

Quem é você que invade o meu sono
e transforma essa insônia incontida
em madrugada feita de saudade?

Quem é você que somente num beijo
transformou meus sentidos?

Quem é você que abraça gostoso
e que fica calado me olhando de longe,
escondido?

Quem é você que chegou devagar
e que eu sei, sem querer,
me deixou com o gosto gostoso
do seu beijo na boca?

Quem é você que não bate na porta,
não pede licença
e mal educado
vai sentando ao lado
do meu pensamento?


Quem é você que longe de mim
está perto de mim?

Quem é você que até sem saber ou querer
está sendo meu sonho
e também minha insônia?

Quem é você?!!

Sílvia Mota
Página formatada em 01 mar 2006

 

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá

 

voltar