Vida

Amanheci menina,
cheia de fantasias,
sonhos impossíveis.

Ao meio dia
espalhei alegrias,
vivi romances,
às vezes secretos.

Entardeci vencendo
obstáculos,
às vezes serenos,
outras, sofridos.

Estou anoitecendo,
construindo um céu
repleto de estrelas,
para que possa, um dia,
viajando num cometa,
 olhar a vida
que julguei construída
de pedaços de mim...

Ana Maria de Gouvêa (A.G.)
Página formatada em 04 ago 2004

 

 

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá

 

voltar