DISTRAIDAMENTE

Seu olhar profundo,
sua voz tão doce...
Seu sorriso amigo,
uma emoção surgindo...

No silêncio imenso,
rápido bateu
o meu coração,
desordenadamente...

Por uma ilusão,
por um gesto seu,
distraidamente...

Autora: Mª Auxiliadora Mota G. Vieira (Maux)
"Poemas Adolescentes"
Página formatada em 24 fev 2004   

 

 

 

Voltar

 

 

 

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá