Fim de Sonho

Eu vivia à procura da ilusão;
uma linda esperança, uma quimera...
Pensei nunca findar a longa espera
e ter sempre vazio, o coração.

Mas um dia eu fitei os olhos seus.
Foi sem querer até; foi sem pensar...
Você chegou, quietinho, prá ficar
e nunca mais saiu dos sonhos meus.

Hoje, que a minha busca terminou,
vejo que o meu sofrer não acabou,
que inutilmente foi que eu esperei...

O seu olhar que eu tanto procurava,
aquele afeto imenso que eu buscava,
nunca fora prá mim! E eu chorei...

Autora: Mª Auxiliadora Mota G. Vieira (Maux)
"Poemas Adolescentes"
Página formatada em 24 fev 2003

 

 

 

Voltar

 

 

 

 

 

 

 

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá