UM DIA, CONTIGO...

Um dia, eu quis ter asas prá voar
e ficar ao teu lado no infinito.
Um dia eu quis subir...
Acompanhar teu sonho, tua vida.
Um dia eu quis a inércia abandonar,
lutar prá ser feliz; enfim, viver...

Um dia, eu compreendi que era sem asas
- apenas de coragem - a tua vida.
Eu entendi que assim como lutavas,
o mesmo eu precisava então fazer.
Assim, eu pensei em ser forte...
E desejei ser capaz...

Um dia, muitos dias se passaram...
Eu fiquei ao teu lado e fui feliz.
Minha vida na tua.
Os teus sonhos nos meus.
Consegui enfrentar minhas inseguranças,
destruindo os grilhões e liberando a mente.

Contigo ainda hoje estou...
Distante vai o dia
que eu desejei ter asas prá subir.
Unidos nós estamos.
Sem grilhões e sem asas nós vivemos
e encontramos num filho o que é o amor.

Autora: Mª Auxiliadora Mota G. Vieira (Maux)
"Poemas de uma Vida"
Página formatada em 16 mar 2005

 

 

 

 

 

Voltar

 

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá