PIQUETE - CIDADE PAISAGEM
SUA GENTE

Paulo Nicolau Nader

Paulo Nicolau Nader nasceu em 17 de agosto de 1920, em Bananal, cidade histórica do Vale do Paraíba. Profissionalmente, percorreu vários municípios e até a capital de São Paulo, até vir parar em Piquete. Filho do casal José Nicolau Nader e Amélia Schelin Feres, Paulo Nader completou o Ginásio em Guaratinguetá, no Instituto Conselheiro Rodrigues Alves. Formado, retornou a Bananal, onde iniciou sua vida profissional na prefeitura municipal, como Agente Municipal de Estatística. Paulo Nader diz que gostaria de ter cursado Direito: " Após concluído o ginásio, poderia ingressar, à época, sem vestibular, na faculdade. As condições financeiras da família, no entanto, não permitiram". Assim, em outubro de 1942, passou a trabalhar no então Banco do Vale do Paraíba, como caixa. Em 1954, estava em São Paulo quando surgiu uma vaga na agência do Banco em Piquete. Veio, então, para a Cidade Paisagem, como contador. Por essa época, Paulo já havia se casado com Natalina Sorbille, e já tinha um casal de filhos: Regina e César. Trouxe a família para Piquete. Aqui nasceu Sônia, sua terceira filha. Logo que chegou a Piquete, recomeçou os estudos. Ingressou na Escola Normal Duque de Caxias. Após a formatura, foi convidado para lecionar na Escola. "...Disseram que eu tinha uma queda por Desenho, e me deram essa disciplina para ensinar..." No entanto, diz que "àquela época, os professores tinham que ser ecléticos: lecionei várias outras matérias". Do Banco, orgulha-se de dizer que no período em que o gerenciava, a agência foi considerada a primeira do Vale do Paraíba. Em 1965, o Magistério falou mais alto, e ele deixou o cargo no Banco. Buscando especializar-se, cursou, em Lorena, a faculdade de História. Passou, então, a dedicar-se à carreira de professor. Até 1976, foi professor no Ginásio Industrial da FPV e em escolas estaduais. A partir desse ano, passou a lecionar apenas no Colégio Estadual Profª Leonor Guimarães, aposentando-se em 1988. Residindo desde 1958 no mesmo local, viu o atual centro da cidade se modificar e crescer. Piquete ativo nos esportes e na cultura. Amante da natureza, apesar de não se esquecer da terra natal, adora Piquete. Sua "queda para o desenho" é comprovada nas telas que enfeitam as paredes de sua casa, um dos passatempos preferidos. Atualmente, Paulo Nader passa os dias em casa. Curte os netos, a família, o bem cuidado jardim e os amigos. Com espírito cristão e amor ao próximo, dedica horas à produção de brinquedos de madeira, que há anos distribui, sem alarde, às crianças carentes de Piquete. Promove, assim, a alegria de quem, certamente, não receberia a visita de Papai Noel. "Seu Paulo Nader" guarda também em sua memória fatos interessantes sobre grande parte da população piquetense, que, quando jovem, nos bancos escolares o teve como professor. Com certeza orientou e influenciou, com seus conselhos de mestre, muitas vidas, redirecionou caminhos, alimentou sonhos e despertou esperanças.

Jornal "O Estafeta" - Seção "Gente da Cidade" - dezembro de 2002
Página formatada em 12 out 2004

 


Prof. Paulo Nader homenageado nas comemorações dos 116 anos de emancipação política de Piquete

 

MINHA HOMENAGEM

O Professor Paulo Nader não acreditava que eu fosse incapaz de executar os desenhos que ele nos pedia. De todas as minhas notas, desenho era a mais baixa. Ele julgava que este desempenho fosse provocado por um desinteresse pela matéria que lecionava. E sempre se zangava comigo. Não era isso, mestre. Eu realmente não possuía talento algum para o desenho livre. Pode acreditar que sofria com esse fato, pois desejava muito colocar em cores as minhas emoções. Anos passados, através do bordado e recentemente, com os recursos da Informática, pude trabalhar com as imagens, como sempre sonhei e nunca consegui aprender com você: faltava o principal - o DOM.

Perdemos, infelizmente, as imagens que registravam os trabalhos de pintura do saudoso professor.
No entanto, o espaço está reservado para sua divulgação, caso alguém os possua e possa nos enviar.

 

Envie esta página para:

Digite o seu e-mail

Coloque seu nome

E-mail de quem a receberá

 

Voltar