<

 

CONDECORAÇÃO BRASILEIRA PARA CHE GUEVARA

 


Foto de Rubens Américo

História passada a limpo no capítulo das condecorações

Jânio Quadros era Presidente da República. “Che” Guevara, o revolucionário cubano, era visita ao Brasil. O encontro dos dois aconteceu em Brasília, e a foto acima, que poderia ser uma foto de rotina de Palácio, é apontada hoje como a documentação do instante exato em que começou a grande reação das forças conservadoras contra o encaminhamento da política externa do Brasil. Essa reação terminou com a deposição do Presidente João Goulart, substituto e continuador da orientação do Presidente Jânio Quadros. A foto é do ato em que “Che” Guevara recebeu do Governo Brasileiro a Ordem do Cruzeiro do Sul. O tempo passou, e o Marechal Humberto Castello Branco, eleito Presidente da República, resolveu levar a ação da chamada Revolução de Abril até às conseqüências finais de revisão das condecorações concedidas pelo Governo. E “Che” Guevara, membro de uma ditadura com a qual o Brasil rompera relações diplomáticas, estava, destacadamente, na lista dos cassados.
O novo Presidente baixou decreto retirando-lhe a honraria recebida das mãos e pela vontade de Jânio Quadros. Não houve foto desse outro ato, também histórico, pelo qual a mais alta administração pública nacional marcou o “acertar passo” da diplomacia brasileira. Mas “Che” Guevara perdeu a medalha.

Revista "O Cruzeiro" - 3 de outubro de 1964


 

Voltar

 

 

 

| Home | Contato | Cantinho Infantil | Cantinho Musical | Imagens da Maux |
l
Recanto da Maux | Desenterrando Versos | História e Genealogia l
l
Um Herói nunca morre l Piquete - Cidade Paisagem l
MAUX HOME PAGE- designed by Maux
2003 Maux Home Page. Todos os direitos reservados. All rights reserved.