PIQUETE - CIDADE PAISAGEM
História

 


Foto de Lety

Associação de Judô de Piquete - AJP

Pinceladas sobre o Judô

O estilo de luta que hoje em dia denominamos como Judô foi idealizado no ano de 1882. Um jovem de 23 anos chamado Jigoro Kano fundava o Instituto Kodokan, que veio a se tornar a Meca dos ensinamentos sobre esta arte marcial. Com milhares de praticantes e federações espalhados pelo mundo, o Judô se tornou um dos esportes mais praticados, representando um nicho de mercado fiel e bem definido. Não restringindo seus adeptos a homens com vigor físico, e estendendo seus ensinamentos para mulheres, crianças e idosos, o judô teve um aumento significativo no número de amantes desta nobre arte. O Judô tem como filosofia integrar corpo e mente. Sua técnica utiliza os músculos e a velocidade de raciocínio para dominar o oponente. Palavras ditas por Mestre Kano para definir a luta: "arte em que se usa ao máximo a força física e espiritual". A vitória, ainda segundo seu mestre fundador, representa um fortalecimento espiritual. Nas academias, procura-se passar algo mais além da luta, do contato físico. Para tornar-se um bom lutador, antes de tudo, é preciso ser um grande ser humano. Através de Eisei Maeda, por volta de 1922, o Judô surge no Brasil. O Conde de Koma, como também era conhecido, fez sua primeira apresentação no país em Porto Alegre. Partiu para as demonstrações pelos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, transferindo-se depois para o Pará, onde popularizou seus conhecimentos da nobre arte. Outros mestres também faziam exibições e aceitavam desafios em locais públicos. Mas foi um início difícil para um esporte que viria a se tornar tão difundido. Um fator decisivo na escalada do Judô foi a chegada ao país de grupo de nipônicos em 1938. Tinham como líder o professor Riuzo Ogawa e fundaram a Academia Ogawa, com o objetivo de aprimorar a cultura física, moral e espiritual, através do esporte do quimono. Daí por diante disseminaram-se a cultura e os ensinamentos do Mestre Jigoro Kano e em 18/03/1969 era fundada a Confederação Brasileira de Judô, sendo reconhecida por decreto em 1972. Hoje em dia é ensinado em academias e clubes e reconhecido como um esporte saudável que não está relacionado à violência. Esporte Olímpico de grande prestígio e muito disputado, tem no Brasil um "celeiro" de bons lutadores, fazendo o país ser reconhecido e admirado internacionalmente, inclusive no Japão. Por ser um esporte de triunfos nacionais, tem "sua marca" associada ao sucesso. Um esporte de princípios, também considerado uma arte, uma filosofia de vida, admirado, respeitado, vitorioso e de grande prestígio. Quem não pretende ter sua marca associada a algo que se traduz por conceitos tão nobres?

Olimpíadas - Brasileiros Ganhadores de Medalhas:

1988 - Seul, Coréia: Aurélio Miguel - Peso Meio-Pesado - Ouro;
1992 - Barcelona, Espanha: Rogério Sampaio - Peso Leve - Ouro;
1972 - Munique, Alemanha: Chiaki Ishii - Peso Meio-Pesado - Bronze;
1984 - Los Angeles, Estados Unidos: Walter Carmona - Peso Médio - Bronze; Luís Onmura - Peso Leve - Bronze; Douglas Vieira - prata
1996 - Atlanta, Estados Unidos: Aurélio Miguel - Peso Meio-Pesado - Bronze; Henrique Guimarães - Peso Meio Leve - Bronze.
2000 - Austrália, Sidney: Carlos Onorato - Peso Meio-Médio - prata

Texto retirado do site oficial da Confederação Brasileira de Judô
http://www.cbj.com.br


AJP - treino, disciplina e persistência - preparando os jovens da cidade não só para o esporte, mas para a vida.
A teoria do "JU", que é gentileza, suavidade, pretende utilizar a força do oponente sem agir contra ela,
podendo ser aplicada não somente na competição mas também aos aspectos humanos.
Arquivo Moacir Ferreira

AJP - Associação de Judô de Piquete


Visita do Campeão Aurélio Miguel a Piquete.
Da esquerda para a direita: Secretária de Educação Rita Junqueira, Vereadora Cláudia Gullo,
Aurélio Miguel, Vice Prefeita Dulce Maia dos Reis e o prefeito Luiz Carlos Beraldo Leite.
Arquivo Rita Junqueira

A Associação de Judô de Piquete tem sua sede na Rua José de Castro, S/N, ao lado do antigo Mercado Municipal. Um terreno situado na Rua São Miguel foi doado à AJP pela Prefeitura de Piquete, para construção de sua sede definitiva.


Terreno que sediará a sede da AJP
Foto de Lety

Seu atual Presidente é o Sr. Moacyr Ferreira e seu Técnico o Prof. João Carlos Giffoni Arantes, duas vidas dedicadas ao desenvolvimento deste esporte na cidade. Pela AJP passaram gerações de atletas piquetenses.



Suley Ferreira e Moracy Ferreira, primeiros atletas da AJP
Arquivo Moacir Ferreira


Os faixas-pretas Suley Ferreira e Moracy Ferreira
Arquivo Moacir Ferreira

Em 1961, alguns jovens se iniciaram no conhecimento do judô, por iniciativa do então faixa-verde Nelo Pelegrine. Oficialmente, porém, a fundação da Associação de Judô de Piquete, com estrutura administrativa e social definidas, só ocorreu a 24 de outubro de 1965, tendo como fundador, já como faixa-preta, Nelo Pelegrine.



Troféus da AJP
Fotos de Lety

A Associação de Judô de Piquete tem participado com destaque de importantes torneios no Vale do Paraíba, ABC e outras regiões de São Paulo e Minas Gerais. Classificou-se duas vezes nos Jogos Regionais, disputando Jogos Abertos em Bragança Paulista e Araraquara. Realiza anualmente dois torneios, sendo destaque, em junho, o Torneio Aniversário de Piquete, do qual participam mais de vinte associações. Tem vários campeões paulistas, vice-campeões e uma atleta campeã brasileira por equipes. Obteve sua filiação na Federação Paulista de Judô em 1981.


O segundo da esquerda para a direita, Miguel Mota recebe entre outros atletas do Vale do Paraiba,
no Estado de São Paulo, a sua promoção a faixa preta 2º dan.
Arquivo Miguel Ângelo Leite Mota

A Associação de Judô de Piquete já formou vinte e sete faixas-pretas e seu sucesso é atribuído à disciplina imposta a seus atletas.


Visita de Aurélio Miguel a Piquete
Da esquerda para a direita: Moacyr Ferreira, Aurélio Miguel e João Carlos Giffoni Arantes.
Arquivo Moacir Ferreira

Agradecemos a colaboração do Presidente da AJP, Moacyr Ferreira, que nos forneceu dados e fotos desta brilhante associação desportista da cidade de Piquete.


Isabela Tavares, da Associação de Judô de Piquete, é detentora de diversos títulos:
Bi-campeã Paulista, Campeã do IV Meeting Sul-brasileiro em Florianópolis, Campeonato Brasileiro
(Região VI) e Campeã da Copa São Paulo.
Foto de Lety no Campeonato de Judô "Aniversário de Piquete" 2008. 

Voltar

 

 

 

| Home | Contato | Cantinho Infantil | Cantinho Musical | Imagens da Maux |
l
Recanto da Maux | Desenterrando Versos | História e Genealogia l
l
Um Herói nunca morre l Piquete - Cidade Paisagem l
MAUX HOME PAGE- designed by Maux
2003 Maux Home Page. Todos os direitos reservados. All rights reserved.