MEU PAI, MEU HERÓI


Meu Pai, Meu Herói

Como toda criança eu quis ter um pai. Um pai que fizesse os medos do mundo se reduzirem ao tamanho de uma formiga. Alguém mágico a ponto de transformar a vida num rio margeado de alegria e com as cores do arco-íris. Mas Deus me deu muito mais! Mandou um anjo protetor gigante para ficar ao meu lado. Com asas em formato de mãos, para amortecer meus tombos e me acariciar os cabelos nas noites insones. Com olhos de lince para identificar os espinhos no meu caminho. Com uma voz familiar para conversar comigo, cantar para mim... Eu sei que não deve ter sido fácil para você, no início, lidar com o medo e a delícia de se descobrir pai. Será que em algum momento da vida a gente está preparado para assumir um papel com tantas exigências? Mas sua respiração suspensa ao ouvir meu coraçãozinho bater em seus braços superou todas as expectativas. Eu senti que já me amava, mesmo antes de me conhecer!

Talvez esse amor tenha se fortalecido com o despertar da sua consciência para a fragilidade da vida. Desde então, pai, você se colocou em segundo plano, cedendo tudo o que tinha, e o que não tinha, para mim. Até a mamãe passou a ser de nós dois! Também teve que aprender a fazer coisas que ninguém havia ensinado a você, para que eu pudesse aproveitar apenas o lado bom da vida. Sei que você não mediu esforços para que nada me faltasse. Trabalhou dobrado para me proporcionar conforto. Eu me lembro do seu amor às vezes desajeitado, que aumentava na mesma proporção em que eu crescia. Tenho guardados, aqui num cantinho misterioso do meu coração, os altos papos que você batia comigo. É por isso que no seu colo eu sempre me sinto tranquilo e seguro.

Mas tenho que reconhecer que eu tumultuei a sua vida! Abusei da sua bondade! Tirei suas noites tranquilas de sono... Quantas madrugadas você passou, exausto, dormindo na beirada da cama, para que eu não despertasse depois de ter tomado o seu lugar? E tantas outras torceu para que eu dormisse e você tivesse um tempinho para se divertir. Mas bastou que crescesse um pouco para você se sentir recompensado. Pensa que eu não sei que seu orgulho era ouvir alguém dizer "É a cara do pai"? E para mim, pai, você se transformou no espelho do que eu queria ser... No exemplo que eu queria seguir. Porque desde que eu era pequeno você me ensinava as coisas mais importantes da vida...

É verdade que, algumas vezes, antes mesmo que eu estivesse pronto para lidar com elas. Mas vou carregar no coração seus ensinamentos sobre o certo e o errado por toda a minha vida. A idéia de que homem não chora... Só de vez em quando: se o time da gente perde, se a pessoa que a gente ama sofre, se vai embora, se... Sua lição de que precisamos proteger quem a gente ama... De que eu tenho que estudar sempre. Afinal, a vida só faz sentido se a gente aprende algo novo todos os dias. Que não devo abrir mão de minha independência, de ter uma carreira, de ser capaz de me sustentar. Você também me ensinou que não posso levar desaforo para casa. Nem fazer desaforo para que os outros levem para a casa deles.

Não sei se já disse isso a você, mas a melhor hora do dia era quando eu ouvia o som das suas chaves do outro lado da porta. E o abraço gigante e delicioso que sempre vinha depois... Aquele seu jeito de me abraçar, de olhar para mim... É, pai, quanto mais o tempo passa, mais eu gosto de você! Seu olhar firme foi sempre minha maior inspiração para ir em frente. E tinha também a sua força, a me ajudar a encontrar o equilíbrio. Você me ensinou talentos que nem você tinha... Sem contar, pai, a confiança que você tinha nas minhas habilidades.E sua torcida incondicional para que eu superasse meus limites. Muitas vezes, ao vibrar com as minhas vitórias, você se esqueceu de seu próprio mérito. Você acreditou em mim quando nem eu acreditava.

É claro que a gente também se desentendeu. Principalmente quando era você quem mandava e eu que tinha que obedecer. É, você foi meu herói, meu bandido! Mas os valores que me ensinou se transformaram em balizas para o meu caminho. Com você aprendi a assumir a responsabilidade pelos meus atos. A perceber que tudo na vida tem consequência... Você me ensinou a importância de deixar pelo caminho marcas das quais eu pudesse me orgulhar. Você me fez perceber que nem tudo o que não vemos não existe. Que nunca é tarde para fazer a coisa certa ou descobrir do que a gente realmente gosta. Que ninguém é tão mau como parece nem tão bom como demonstra ser. Que o barato da vida é deitar a cabeça à noite e poder dormir tranquilo, sem nenhum peso na consciência.

Você não sabe quanto isso fortaleceu minha autoconfiança! Por isso, você é para mim a medida de todas as coisas. Seu amor me ajudou a achar o meu lugar no mundo. Se eu for para os meus filhos metade do que você foi para mim, tenho certeza de que terei cumprido a minha missão! Agradecerei eternamente por você me ter educado e me ensinado a encontrar os meus valores.

Quero que você saiba que tenho muito, mas muito orgulho de ter você como pai. E que você, pai...
... Você é o homem da minha vida!

Texto de Anderson Cavalcante
Página formatada em 14 fev 2014

 

MINHA HOMENAGEM

Esse texto pertence a um livrinho adquirido para presentear seus filhos quando se tornaram pais. Nenhum outro poderia ser usado nessa homenagem pelos seus setenta anos de vida, pois escolheu ele próprio as palavras certas para traduzir a missão de um pai, que tão bem soube desempenhar. O que posso aqui acrescentar?

Construimos um lar, uma família equilibrada...
.... E que você também é o Homem da minha vida!

 


 

Voltar

| Home | Contato | Cantinho Infantil | Cantinho Musical | Imagens da Maux |
l
Recanto da Maux | Desenterrando Versos | História e Genealogia l
l
Um Herói nunca morre l Piquete - Cidade Paisagem l
MAUX HOME PAGE- designed by Maux
2003 Maux Home Page. Todos os direitos reservados. All rights reserved.